Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Thousand Oaks lembra vítimas do tiroteio

Thousand Oaks lembra vítimas do tiroteio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes de Thousand Oaks juntaram-se numa vigília para lembrar as vítimas do tiroteio desta quarta-feira.

Um antigo fuzileiro de 28 anos entrou num dos bares da cidade durante uma festa de estudantes universitários e começou a disparar.

Pelo menos doze pessoas morreram e vinte e uma ficaram feridas.

Ainda não se sabe o motivo do ataque.

Segundo o xerife de Ventura County, o atirador, um soldado condecorado da guerra do Afeganistão, podia estar a sofrer de stress pós-traumático. Tudo indica que se suicidou depois dos disparos.

A comunidade de Thousand Oaks continua em choque.

Segundo o xerife, o ataque é incompreensível e trágico porque “aconteceu numa das cidades as mais seguras dos Estados Unidos”.

Na resposta ao apelo das autoridades, cerca de cem mil pessoas concentraram-se junto a uma unidade de recolha de sangue próxima do local do ataque.