Última hora

Última hora

Barcelona aposta no turismo sustentável

Em leitura:

Barcelona aposta no turismo sustentável

Barcelona aposta no turismo sustentável
Tamanho do texto Aa Aa

Neste episódio de Business Planet viajamos até Barcelona para descobrir como a região está desenvolver o turismo sustentável.

David Font, diretor da Agência de Turismo da Catalunha, destaca as principais consequências desta aposta:

“O Turismo pode ou não ser sustentável. Para conseguirmos o nosso objetivo trabalhamos com empresas públicas e privadas e também com parceiros europeus. Os estudos mostram que chegam menos turistas ao país, mas os que chegam contribuem mais para a riqueza do setor”.

David Font revela que o principal objetivo é conseguir mais riqueza e mais recursos para o Turismo do país.

_“Trabalhamos a partir de quatro ideias chave: um turismo diversificado, um turismo espalhado por todo o país, um turismo com ofertas para todo o ano e um turismo que traga mais benefícios para o setor. Esta estratégia compensa a redução do número de turistas que recebemos. Segundo as previsões, vamos ter uma redução de 2,7 %, mas vamos ter um aumento de 7% nos lucros para o turismo da região.
_

Na Catalunha, a Euronews encontrou um exemplo de turismo sustentável.

Travelecoology é uma pequena empresa que oferece alternativas ao turismo tradicional. A empresa pertence ao Wildsea Europe, um projeto que aposta no turismo ecológico e oferece mais de vinte destinos por toda toda a Europa.

Julia Vera, fundadora da empresa, destaca as principais características deste tipo de turismo:

“As pessoas que escolhem o ecoturismo, geralmente, estão dispostas a pagar . Desta forma, conseguimos melhorar a rentabilidade do setor e as empresas podem contratar colaboradores mais qualificados, mais autênticos e com mais experiência.

O projeto Wildsea Europe quer fortalecer as pequenas empresas para que possam concorrer com os gigantes do setor.

  • O turismo é fundamental para o crescimento económico, a criação de emprego e o desenvolvimento sustentável da Europa.

  • Mais de 25 milhões de europeus trabalham na área do turismo e o setor contribui para 10% do PIB da UE.

  • O desafio é apoiar, a longo prazo, o crescimento sustentável dos destinos turísticos na UE, preservar os bens naturais e culturais partilhados e garantir a qualidade de vida das comunidades locais.

  • O financiamento europeu está disponível para apoiar ideias de negócio inovadoras e sustentáveis no setor do turismo.

  • Através do programa COSME, a UE apoiou o projecto WILDSEA Europe - uma rede de operadores e destinos de ecoturismo que trabalham em conjunto para oferecer as melhores atividades de ecoturismo marinho e ao ar livre na Europa.

  • O projeto também quer apoiar pequenas empresas locais de comunidades costeiras, meios de subsistência sustentáveis e preservar ecossistemas marinhos.