Última hora

Última hora

Inovação, a grande aposta da UE para a indústria

Inovação, a grande aposta da UE para a indústria
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia e a Inovação

A inovação é um dos pilares da estratégia de desenvolvimento da União Europeia. Com base em estudos que mostram que empresas inovadoras têm um aumento maior no volume de negócios e exportam mais, a Comissão Europeia tem um pacote de apoio a empreendedores que invistam em inovação nos seus negócios.

De acordo com Mónica Salgado, especialista em política de inovação da Comissão Europeia, “a União Europeia ajuda as empresas inovadoras de diferentes maneiras, incluindo o financiamento, mas também ajudando-as a chegar a novos mercados, a encontrar parceiros de negócios e de tecnologia em outros países e a compreender melhor a legislação europeia”

Um dos setores em desenvolvimento é o da mobilidade, em que a tecnologia pode ajudar a reduzir as emissões de gases poluentes e a melhorar a qualidade do ar, como acontece com os carros elétricos.

Rimac Automobili

Com sede nos arredores de Zagreb, na Croácia, a Rimac Automobili está a implementar uma série de tecnologias revolucionárias para o mercado automóvel. Desenvolvem carros elétricos de alto desempenho e fornecem novas soluções de tecnologia para a indústria automóvel global.

Em dezembro de 2018, conseguiram um empréstimo de 30 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento para continuar a desenvolver tecnologias de mobilidade elétrica.

A empresa será uma das participantes dos Dias da Indústria da União Europeia, um evento anual sobre a indústria, onde são discutidas as últimas tendências, novidades e futuro dos setores.

Dias da Indústria da União Europeia

Durante dois dias, entre 5 e 6 de fevereiro, a política industrial da UE vai estar no centro do debate, nesta conferência anual da Comissão Europeia. De acordo com a organização, o evento pretende envolver os participantes num diálogo aberto e inclusivo sobre a abordagem estratégica da Comissão à indústria, a fim de acompanhar os progressos e identificar novas tendências que possam exigir medidas para reforçar a competitividade industrial na Europa. Todos os anos, o evento reúne mais de 1000 participantes de toda a Europa, entre os quais representantes da indústria, sindicatos, autoridades nacionais e regionais, órgãos públicos, inovadores e sociedade civil.