Retomadas as buscas por sobreviventes em Brumadinho

Retomadas as buscas por sobreviventes em Brumadinho
Tamanho do texto Aa Aa

Foram retomadas as buscas por sobreviventes em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a Defesa Civil de Minas Gerais, diminuiu o risco de rutura de outra barragem da mina de Córrego do Feijão, o que permitiu retomar as operações de resgate e suspender a retirada dos moradores da região.

Foram resgatados da lama 37 corpos, Os bombeiros procuram, ainda mais de 280 pessoas. Segundo a Defesa Civil, os desaparecidos incluem funcionários da empresa mineira Vale e de algumas localidades da área.

Enquanto o Governo Federal diz que poderá mudar as regras de licenciamento ambiental e de fiscalização das barragens há quem pense que o Brasil enfrenta um problema de base, como defende o perito de minas, Luiz Jardim Wanderley: "É um Governo que não dá sinais de controlos mais rígidos em termos de regulamentação ambiental, de mais controlo sobre o comportamento da empresa privada. Esse Governo considera que as empresas 'a priori' funcionam de forma responsável... O que de facto é exatamente o contrário, como acabamos de observar ".

No Brasil, estão já 136 militares israelitas que vão ajudar nas operações de buscas e salvamentos.

Entretanto, chegaram já a Minas Gerais centenas de toneladas de doações para apoiar os sobreviventes da tragédia de Brumadinho.