Onda de Solidariedade no Brumadinho

Onda de Solidariedade no Brumadinho
Tamanho do texto Aa Aa

A onda de solidariedade continua no Brumadinho. Os brasileiros ouviram o apelo e estão a fazer o possível para ajudar as vítimas de uma tragédia sem precedentes que começou na Mina do Córrego do Feijão.

Solidariedade que chega também de Israel. O país respondeu ao pedido de ajuda de Jair Bolsonaro e enviou 150 profissionais, de várias áreas, para o terreno. Esperam, juntos, encontrar sobreviventes:

"Esperamos convosco, com o povo brasileiro, encontrar e resgatar o máximo de pessoas possível", adiantou o responsável pela delegação militar de Israel, o Coronel Golan Vack.

Uma corrida contra o tempo naquele que é já o quarto dia de buscas.