Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Génova inicia demolição da ponte Morandi

Génova inicia demolição da ponte Morandi
Direitos de autor
REUTERS/Massimo Pinca
Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhos de demolição da ponte Morandi, em Génova, arrancaram esta sexta-feira e devem prolongar-se até ao início do verão.

Depois do colapso de uma parte do viaduto em agosto de 2018, que causou a morte a 43 pessoas, as autoridades italianas asseguram que as obras da nova travessia começam em abril e vão durar apenas um ano.

Cerca de 600 residentes tiveram de deixar as habitações há seis meses. Anna Rita Certo foi uma dos moradores afetados e lamentou o pouco tempo que teve para retirar os bens pessoais de casa.

"A minha vida foi afetada, assim como a de outras pessoas. Cerca de 600 moradores deixaram de poder entrar ou sair das próprias casas. Tivemos somente algumas horas para tirar os pertences e desde o colapso da ponte deixaram-nos cientes de que não poderíamos entrar mais", explicou.

O projeto da nova ponte está avaliado em cerca de 200 milhões de euros e é assinado de forma gratuita pelo famoso arquiteto Renzo Piano, natural da cidade genovesa e responsável por grandes obras internacionais, como o Centro Pompidou de Paris ou a sede do jornal New York Times.

Em homenagem às vítimas está prevista a instalação de 43 lâmpadas na ponte.