Última hora

Última hora

Óscares premeiam a diversidade

Óscares premeiam a diversidade
Direitos de autor
REUTERS/Mike Blake
Tamanho do texto Aa Aa

Em noite de vencedores e vencidos, "Greenbook-Um Guia para a Vida" conquistou o Óscar de Melhor Filme, uma das estatuetas mais desejadas na cerimónia deste domingo. Mas não só. O filme de Peter Farrelly também se destacou com o Melhor Argumento Original e na categoria de Melhor Ator Secundário. O prémio da academia foi atribuído a Mahershala Ali, que conquistou a mesma estatueta há dois anos com "Moonlight."

O mexicano Alfonso Cuarón arrecadou a estatueta de Melhor Realizador com "Roma", um dos filmes mais nomeados da noite em dez categorias. A película, em espanhol, filmada a preto e branco, destacou-se ainda como Melhor Filme em Língua Estrangeira e na categoria de Melhor Fotografia.

Olivia Colman venceu o Óscar de Melhor Atriz, pela interpretação em " A Favorita", do grego Yorgos Lanthimos. Voltou a adiar o triunfo de Glenn Close. O desempenho em "Se Esta Rua Falasse" valeu a Regina King o prémio de Melhor Atriz Secundária.

A película "Bohemian Rhapsody" conquistou quatro prémios da academia, entre eles o de Melhor Ator para a interpretação de Rami Malek na pele de Freddie Mercury. Arrecadou ainda estatuetas nas categorias de Melhor Montagem, Melhor Mistura de Som e Melhor Montagem de Som.

A cantora Lady Gaga e o ator Bradley Cooper protagonizaram um dos momentos altos da noite. Interpretaram ao vivo "Shallow", música do filme "Assim Nasce Uma Estrela", vencedora do Óscar de Melhor Canção Original.

"Black Panther" destacou-se nas categorias de Melhor Banda Sonora Original, Melhor Cenografia e Melhor Guarda Roupa.

O Óscar de Melhores Efeitos Visuais foi atribuído ao filme "O Primeiro Homem na Lua" e o de Melhor Caracterização a "Vice."

"BlacKkKlansman-O Infiltrado" venceu o Óscar de Melhor Argumento Adaptado, "Free Solo" o de Melhor Documentário e "Skin" o de Melhor Curta-Metragem. "Bao" foi eleita a "Melhor Curta-Metragem de Animação" e "Period. End of Sentence" a Melhor Curta-Metragem Documental. "Homem-Aranha: No Universo Aranha" venceu o Óscar de Melhor Filme de Animação.