Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Romenos protestam contra mudanças no sistema judicial

Romenos protestam contra mudanças no sistema judicial
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O frio não demoveu milhares de romenos que saíram às ruas de várias cidades do país em protesto contra um decreto do Governo que limita os poderes da Procuradoria e da cúpula judicial.

Este domingo, centenas de pessoas concentraram-se na Praça da Vitória, em Bucareste. Munidos de cartazes, alguns manifestantes disseram lutar pela justiça, não pela corrupção. Paralisaram o trânsito e fizeram-se ouvir de forma ruidosa em nome da retirada do polémico decreto, aprovado sem debate público.

Exigiram igualmente a demissão do ministro da justiça, Tudorel Toader. O Partido Social Democrata, no poder, e o respetivo líder, Liviu Dragnea, também foram visados.

Os manifestantes suspeitam que o decreto pretende, na prática, limitar os poderes da Procuradoria para evitar que vários políticos sejam julgados por escândalos de corrupção.

Os magistrados recusaram um convite para encontrar a primeira-ministra, Viorica Dăncilă, e discutir o decreto. Alegam que "a independência do poder judicial não é negociável" e que "qualquer diálogo para a aprovação do decreto deveria ter-se iniciado antes da decisão, não depois." Defendem, por isso, a revogação por completo.