A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Símbolos e Cheesesteak: as atrações de Filadélfia

Símbolos e Cheesesteak: as atrações de Filadélfia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após três álbuns de estúdio e vários concertos em festivais europeus, a artista francesa Laetitia Shériff decidiu-se lançar-se numa viagem musical pelos Estados Unidos para explorar o que o continente norte-americano deu à música.

A simbologia política de Filadélfia

Com uma história rica e uma cena artística vibrante, Filadélfia era uma das cidades que a artista francesa Laetitia Shériff queria visitar. Filadélfia é considerada como o berço da democracia dos Estados Unidos. Um dos símbolos da cidade é o Sino da Liberdade. A primeira bandeira dos Estados Unidos foi criada em Filadélfia.

Vale a pena visitar a "House of Betsy Ross", que fabricou a primeira bandeira dos Estados Unidos, e deambular pela rua mais antiga da cidade, a Elfreth’s Alley.

O Estúdio MilkBoy

Em Filadélfia, ou "Philly", para os amigos, vale a pena visitar o bar e estúdio de gravação MilkBoy, por onde passaram grandes nomes da música.

"Philly é o berço da nação. É um marco neste país. Sentimos que podíamos começar qualquer projeto que desejássemos em Philly", contou Jamie Lokoff, cofundador do bar e estúdio MilkBoy.

Justin Timberlake, Kelly Clarkson e Miley Cyrus foram algumas das celebridades que passaram pelo estúdio de Filadéfia. "Depois das gravações, muitos artistas, como Miley Cyrus, vinham ao bar. Por isso, as pessoas gostavam de vir aqui para ver as estrelas", contou Jamie Lokoff.

Notes from USA

A cena artística de "Philly"

Os Degraus de Rocky, onde foram filmadas várias cenas da saga "Rocky", são uma das atrações turísticas da cidade. O topo das escadas oferece uma vista panorâmica da cidade.

A maior loja de instrumentos de música dos Estados Unidos situa-se em Filadélfia. É possível adquirir instrumentos antigos e as últimas novidades.

"Temos as guitarras Martins. Estas são Gibsons antigas. Eram tamanhos muito pequenos. A afinação é mais aguda. São de 1857. Este modelo é de 1931. Foi uma guitarra muito usada. Pertencia a um célebre músico folk norte-americano chamado Mike Seeger", contou Frederick W. Oster, proprietário da loja Vintage Instruments.

O célebre Cheesesteak de Filadélfia

Entre duas visitas, Laetitia Shériff fez uma pausa para provar uma especialidade local, na companhia de Allyson Mccabe. Nascida e criada em Filadélfia, Allyson Mccabe tocou em vários grupos femininos de música punk. Hoje, partilha a paixão pela música na Rádio Pública dos Estados Unidos.

"Estas sandes são muito conhecidas em Filadélfia. O Geno's Steaks é uma das casas mais célebres para comer um cheesesteak", contou a jornalista de música e residente de Filadélfia.

"É preciso conhecer alguns detalhes para escolher o Cheesesteak. Por exemplo, ‘Whiz with’ significa queijo com cebola. ‘Whiz without’ significa queijo sem cebola. A fama do Cheese steak é um pouco como a do Sino da liberdade. Ambos são símbolos de Filadélfia. Neste caso, é um símbolo comestível embrulhado em papel", brincou Allyson Mccabe.

A história do restaurante começou nos anos 60, com o pai do proprietário atual.

"O meu pai começou o negócio em 1966, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Só fechava no Natal e no Thanksgiving. Aqui, pode comer um cheesesteak, a qualquer hora. O facto de Philly ser conhecida pelo cheesesteak e de eu fazer parte dessa história é algo que me fascina", contou Geno Vento, proprietário do restaurante.

Cheesesteak

Música e vida noturna

Um dos sítios favoritos de Allyson Mccabe em Filadélfia é South Street. "Quando era criança, eu vinha sempre aqui. Ia a diferentes lojas de música punk e assistia a concertos e ia a lojas de discos. Esta era uma das minhas lojas favoritas, Repo Records. Uma das coisas fantásticas de Filadélfia é o ecletismo musical, esta loja é muito eclética", contou a jornalista musical.

A vida noturna de Filadélfia passa por sítios como o World Café Live, onde é possível assistir a concertos que são transmitidos na rádio. Recentemente, a banda The Pine Barons passou pelo World Café Live.

Filadélfia, ocupa um lugar de destaque na simbologia política dos Estados Unidos, uma cidade com uma história que vale a pena explorar.

A não perder em Filadélfia

  1. Uma visita pelos Magic Gardens. O espaço verde situado em South Street foi concebido para revitalizar o bairro. Isaiah e Julia Zagar trabalharam com as pessoas da comunidade local para criar uma galeria, no exterior, que acolhe obras de vários artistas.
  2. O Salão da Independência é o local onde foram assinadas a declaração da Independência dos Estados Unidos e a Constituição. No mesmo espaço, é possível visitar também o Museu Benjamin Franklin e o célebre sino da Liberdade.
  3. O Milkboy Cafe é um bar, um restaurante, uma sala de concertos e um estúdio de gravação. Abre às sete da manhã e fecha de madrugada, após o último concerto da noite.
  4. O Mural das Artes de Filadélfia é uma das maiores galerias de arte do mundo. A iniciativa foi lançada em 1984. Hoje, a cidade tem mais de 3600 murais, realizados por artistas e por residentes locais. É possível fazer visitas guiadas.
  5. O Reading Terminal Market. O mercado ocupa um edifício histórico de Filadélfia desde 1893, vende comida, frutas e legumes e integra vários restaurantes.

A banda sonora de Filadélfia