Última hora

Eleições locais ameaçam posição de Erdogan

Eleições locais ameaçam posição de Erdogan
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As urnas abriram na Turquia e o país vai a votos, este domingo, para escolher os representantes locais. As eleições são ao nível dos municípios, mas têm sido encaradas como um barómetro da popularidade de Erdogan.

De acordo com as sondagens, o partido do presidente arrisca-se a perder o controlo político de cidades como Ancara e Istambul, fruto do descontentamento gerado pela crise cambial e a recessão económica em que o país entrou, no ano passado.

Duas coligações posicionam-se agora para conquistar o eleitorado. De um lado, o AKP, partido de Erdogan, concorre aliado ao Movimento Nacionalista, de extrema-direita, na coligação Aliança do Povo. Do outro, na oposição, está a Aliança Nacional, que junta o Partido Republicano do Povo, de centro-esquerda, ao Partido Bom, de direita.

O enfraquecimento da posição maioritária da Aliança do Povo pode fragilizar a legitimidade de Erdogan, à frente da Turquia desde 2003.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.