A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Inaugurado estúdio de cinema aquático na Bélgica

Inaugurado estúdio de cinema aquático na Bélgica
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi inaugurado na Bélgica um estúdio de cinema aquático, que inclui um tanque com 24 metros de extensão e nove metros de profundidade, onde a tecnologia ajuda a criar tempestades

O complexo está situado em Vilvoorde, a 10 quilómetros de Bruxelas.

"Abrimos dois cenários secos e um cenário aquático. Este é o cenário mais original do mundo, na minha opinião", defende Wim Michiels, coproprietário do estúdio.

"O estúdio é, de facto, caro, mas oferece muitas possibilidades: vento, ondulação, ondas de tsunami. Tudo isso reduz o tempo e os custos de produção", destaca a coproprietária Karen Jensen.

A construção do estúdio de cinema aquático, perto de Bruxelas, custou 23 milhões de euros.

A segurança é uma das prioridades, como realça o mergulhador Rudi Clincke: "Se seguirmos as regras, não é perigoso. Cata ator é protegido por um mergulhador. Há também os operadores de câmaras e os assistentes, o que faz com que haja entre 10 a 15 pessoas dentro de água".

O estúdio foi financiado em mais de um milhão de euros por uma agência do governo flamengo, que apoia a inovação das empresas na região da Flandres.

"A empresa tinha 12 empregados e agora tem 24, mas temos de levar em conta que se uma equipa de filmagens vier à Flandres isso tem impacto noutras atividades, dando a oportunidade a outros de tirarem partido disto", sublinha o ministro flamengo Philippe Muyters.

Com um toque num botão podem ser criadas ondas de um metro de altura.

O estúdio pode ainda ser inundado, criando uma superfície aquática de 1250 m2.