Última hora

Última hora

Deputado finlandês mais votado foi líder da extrema-direita

Deputado finlandês mais votado foi líder da extrema-direita
Tamanho do texto Aa Aa

"Uma estalada na cara" - este era apenas um dos títulos dos jornais finlandeses. A cara em questão é a do primeiro-ministro cessante Juha Sipila, que viu o seu Partido do Centro alcançar uma modesta quarta posição nas legislativas finlandesas deste domingo.

"O que acho é que já há muito tempo que precisávamos desta mudança. Foi a escolha certa. O problema do desemprego, por exemplo, já devia estar resolvido há muito", dizia-nos um estudante de Haapavesi.

A questão é que a escolha não é assim tão certa, sendo que a extrema-direita do partido chamado Verdadeiros Finlandeses ainda pode ter uma palavra a dizer.

"Normalmente, preferem ajudar aqueles que são de origem finlandesa do que todos os outros que vivem neste país", explica uma jovem.

Jussi Halla-aho

O líder do movimento extremista, Jussi Halla-aho, foi condenado em 2012 por fazer ligações entre o Islão e a pedofilia, por exemplo. Neste escrutínio, foi o deputado que mais votos recolheu em todos os círculos eleitorais.