Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Le Pen quer extinguir Comissão Europeia

Le Pen quer extinguir Comissão Europeia
Direitos de autor
REUTERS/Vincent Kessler
Tamanho do texto Aa Aa

Extinguir a Comissão Europeia e reformar o Parlamento Europeu são algumas das propostas no manifesto e programa do partido de extrema-direita francês para as eleições europeias.

A líder da União Nacional, Marine Le Pen, foi, segunda-feira, a Estrasburgo (França), para defender a sua abordagem nacionalista para reformar o projeto europeu.

"O nosso compromisso é libertar as Nações de uma União que as sufoca, que as priva da sua soberania e que mina seriamente a democracia", disse Le Pen, em conferência de imprensa.

A ideia de não ter um braço executivo, que é também o guardião dos tratados, é um absurdo para a eurodeputada ecologista alemã Rebecca Harms.

"A Comissão Europeia defende os nossos interesses comuns. Acabar com ela, destruir esta instituição, seria um um golpe fatal para o bom funcionamento da União Europeia", disse à euronews.

Parlamento Europeu com até 1979

Marine Le Pen quer que os Estados-membros lidem diretamente com um Parlamento Europeu reformado, mas tal poderia paralisar a União Europeia, diz o eurodeputado liberal francês Jean Arthuis.

"O Parlamento passaria a ser composto por representantes dos parlamentos nacionais, na mesma fórmula que existiu até 1979. Não penso que pudesse funcionar. A Europa já é muitas vezes uma soma de egoísmos nacionais", alertou em entrevista à euronews.

O partido de extrema-direita também propõe reformar o Banco Central Europeu e a Agência Europeia de Fronteiras.

De acordo com as últimas sondagens, o União Nacional está num empate técnico com o partido Em Marche, do Presidente francês, Emmanuel Macron.