A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Negócio da China: Legos falsificados

Negócio da China: Legos falsificados
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Era a peça que faltava na investigação e era falsa. A China desmantelou uma rede acusada de produzir e vender brinquedos da Lego falsificados.

Foram apreendidos mais de 600 mil brinquedos num valor de 30 milhões de dólares. Eram cópias semelhantes aos originais vendidas a um preço muito mais barato.