Última hora

Última hora

Só a solidariedade salvará a Europa, diz Paulo Sande (Aliança)

Só a solidariedade salvará a Europa, diz Paulo Sande (Aliança)
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal vai eleger 21 eurodeputados, a 26 de maio, para novo mandato no Parlamento Europeu, até 2024. A maioria dos cabeças-de-lista dos partidos são caras conhecidas, com experiência de Bruxelas, mas há alguns rostos novos.

Um deles é o professor universitário Paulo Sande, independente que se candidata pelo Aliança, partido criado, recentemente, por um histórico do PSD, Pedro Santana Lopes.

A correspondente da euronews para Assuntos Europeus, Isabel Marques da Silva, falou com Paulo Sande (VEJA VÍDEO) para a primeira de uma série de entrevistas sobre os desafios que Portugal precisa de ajudar a enfrentar no esforço de reforma do projeto europeu, indo ao encontro das preocupações dos cidadãos.

No manifesto eleitoral, o Aliança diz que "o sonho europeu está em vias de se tornar um pesadelo".

Entre as 21 medidas principais que o partido propõe, está uma maior supervisão por parte dos parlamentos nacionais, incluindo um "cartão vermelho" a mostrar às instituições de Bruxelas.

As prioridades políticas, a utilização de fundos comunitários, a gestão da migração e das alterações climáticas, o desafio da digitalização da economia e o impacto do Brexit são os temas em destaque na série de entrevistas.