A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

European Sleepovers: Chipre, um país dividido

European Sleepovers: Chipre, um país dividido
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição do European Sleepovers, o repórter Stuart William Oates passou 24 horas em casa de Michael e Mahria, um jovem casal que vive em Nicósia, a capital de Chipre. O pequeno país insular é o único estado – membro que continua dividido, depois da queda no Muro de Berlim.

Stuart William Oates : Olá Michael. Sou o Stuart, prazer em conhecê-lo.

Michael: Devemos começar por ver a vista de Nicósia. À esquerda é a parte grega. E depois há a fronteira muito perto daqui e depois o lado turco.

Stuart William Oates: Alguma vez atravessou a fronteira?

Michael: Na verdade não, nunca

Mahria: Olá. Bem-vindo à nossa casa.

Stuart William Oates E a Mahria, já passou a fronteira?

Mahria: Sim

Stuart William Oates: Qual é o plano agora?

Michael: Falemos da UE! Gosto muito da livre circulação e da capacidade de trabalhar noutros países do bloco – já aproveitei essa oportunidade.

Mahria: Eu não consigo pensar num aspeto negativo

Michael : Eu consigo! O que aconteceu durante a crise financeira aqui em Chipre. A resolução, como um corte de cabelo, digamos. Havia uma solução bastante abrangente e afetou muitas pessoas que não estavam realmente necessitadas.

Stuart William Oates: As eleições europeias estão a aproximar-se. Sabe em quem vai votar?

Michael: Receio que não.

Stuart William Oates: Vão votar desta vez?

Mahria:Veremos.

Questionário sobre a UE

Stuart William Oates: Quem é o presidente da Comissão Europeia?

Michael: Donald Tusk

Stuart William Oates: Não

Michael: Humm, Juncker?

Stuart William Oates: Sim!

Stuart William Oates : Qual é a população da UE?

Mahria: Espera! 800 milhões.

Stuart William Oates: Demasiado alto. São apenas 500 milhões.

Stuart William Oates: Qual é o ponto mais setentrional da UE?

Michael: Finlândia.

Stuart William Oates: Dois em três. Muito bom.

Stuart William Oates: Foi ótimo passar 24 horas com a Mahria e o Michael. Eles são claramente um casal jovem e motivado, que trabalha arduamente para o futuro. Sobre a União Europeia, conseguem ver os aspetos negativos que trouxe ao longo dos anos. Mas também podem ver os benefícios que pode trazer a uma pequena nação insular como o Chipre, localizado na fronteira mais oriental do bloco.