Última hora

Polícia francesa detém quatro suspeitos pela explosão em Lyon

Polícia francesa detém quatro suspeitos pela explosão em Lyon
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um raide esta segunda-feira em Lyon levou à detenção do principal suspeito pela explosão da semana passada que fez 13 feridos na cidade francesa.

Segundo a polícia, um estudante argelino de 24 anos será o responsável por ter deixado o engenho explosivo artesanal junto da rua Victor Hugo, no centro de Lyon.

O jovem não tem antecedentes criminais e estava já a ser vigiado desde o fim de semana. Com ele foram também detidos os pais e o irmão.

Para o ministro francês do Interior, Cristophe Castaner, as imagens recolhidas pelas câmaras de videovigilância foram essenciais para a detenção.

"Nas últimas 72 horas, os serviços foram totalmente mobilizados e conduziram uma investigação difícil. Inicialmente havia poucos elementos. Poucos, mas suficientes para averiguar quase 300 telefonemas com vários testemunhos. Todos foram estudados. Foi também analisado um número muito importante de horas de gravações vídeo nas diferentes comunas de Lyon, mas também dos arredores da cidade. Este trabalho é que tornou possível identificar um suspeito", afirmou.

As autoridades seguiram a pista das imagens de videovigilância, que captaram um homem a andar de bicicleta e que deixou no local um pacote suspeito.

Por enquanto, não sao conhecidos os motivos para este ataque. O suspeito detido em Lyon vai agora ser transferido para Paris para ser sujeito a interrogatório.

O ministro francês do Interior felicitou ainda todas as forças pelo trabalho num "prazo extremamente curto" e pediu respeito pelos prazos de investigação da polícia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.