Última hora

Macron e Sánchez acertam posições para futuros cargos europeus

Macron e Sánchez acertam posições para futuros cargos europeus
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em plena 'ressaca' das eleições europeias, o presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu o chefe do governo espanhol, Pedro Sánchez, para uma reunião em Paris que marca o início de uma autêntica 'guerra dos tronos' na Europa.

Com a liderança da Comissão Europeia, do Parlamento Europeu, do Conselho Europeu e ainda do Banco Central Europeu em aberto, diversos analistas políticos apontam para uma aproximação entre o grupo liberal democrata e os socialistas que pode influenciar de forma decisiva as escolhas.

Macron já tinha estado na última semana com António Costa e esta terça-feira marca novo encontro com o primeiro-ministro português. Presentes estarão também Pedro Sánchez e os homólogos de Bélgica e Holanda, Charles Michel e Mark Rutte, respetivamente.

Estes líderes europeus vão agora coordenar posições para a definição das chefias europeias, numa movimentação que deve bloquear a nomeação de Manfred Weber para a Comissão Europeia.

Numa entrevista recente à SIC, António Costa já tinha deixado bem clara a sua vontade de ter o socialista holandês Frans Timmermans, atual vice-presidente da Comissão, à frente do organismo ainda liderado por Jean-Claude Juncker.

"Manifestamente, acho que o candidato do PPE, Manfred Weber, não tem condições, até porque tem uma rejeição quase absoluta no Conselho [Europeu] - e no Parlamento Europeu também é de todos os candidatos o que gera maior hostilidade. Frans Timmermans tem várias qualidades que o ajudam a que possa ser um bom candidato de consenso", explicou.

A cimeira informal desta terça-feira do Conselho Europeu pretende dar início às conversações entre chefes de Estado e Governo da União Europeia (UE) para escolher os novos líderes das instituições.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.