Última hora

Road to Minsk: contagem decrescente para os Jogos Europeus

Road to Minsk: contagem decrescente para os Jogos Europeus
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em junho, a Bielorrússia recebe os Jogos Europeus de 2019. Serão mais de 4 mil atletas de 50 países. A euronews foi descobrir como a cidade de Minsk se prepara para os Jogos.

Existem mais de 20 modalidades desportivas diferentes no programa dos Jogos Europeus, incluindo o futebol de praia. E, curiosamente, a Bielorrússia é um dos cinco países mais fortes da Europa neste desporto. Um dos responsáveis pelo sucesso da equipa é o espanhol Nicolas Caporale, treinador da equipa nacional da Bielorrússia nos últimos anos.

_"Temos muitas expetativas em relação a estes jogos principalmente porque se trata de uma grande oportunidade. É uma oportunidade que acontece uma vez na vida. Foi feito um enorme trabalho na preparação do evento. O ambiente é fantástico, muito saudável, muito familiar e muito desportivo. Acho bem que todos possam participar".
_

Durante os preparativos para os Jogos Europeus, a cidade de Minsk organizou uma série de testes de competições internacionais, com público, juízes e até mesmo medalhas. Uma oportunidade para os representantes das associações verem as instalações desportivas e saberem se a Bielorrússia está pronta para receber os Jogos. A euronews falou com Tom Thingvold, da União Europeia de Ginástica.

"O que é sempre um desafio para nós é o transporte e as instalações porque estão totalmente fora do nosso controle. Quanto aos Jogos, e pelo que pude ver, penso que eles estão prontos para começar amanhã. Está tudo bem preparado. E desejo boa sorte à Bielorrússia".

Para além dos atletas, há muitos voluntários a preparar as próximas competições. Cerca de 8 mil estarão envolvidos nos Jogos Europeus. Vão dar apoio nas instalações desportivas, na cerimónia de abertura e, claro, vão estar em contato com as delegações estrangeiras e com os turistas.

As autoridades esperam que milhares de fãs assistam aos Jogos. Durante este período, os estrangeiros poderão entrar na Bielorrússia sem visto. Isso trará um impulso significativo para a atividade do setor turístico – um crescimento que pode atingir os 30%.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.