A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Palácio de Nesvizh, um pedaço de Itália na Bielorrússia

Palácio de Nesvizh, um pedaço de Itália na Bielorrússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

´É um pedaço de Itália na Bielorússia e tornou-se num verdadeiro marco arquitetónico do país. O Palácio de Nesvizh, um dos mais belos e românticos castelos da Europa Oriental, foi construído no século XVI pela uma rica e poderosa família Radziwill.

O monumento tem a assinatura do arquiteto italiano Giovanni Bernardoni, que lhe conferiu um estilo barroco.

Já nos séculos XVII e XVIII, foi o lar de uma das maiores bibliotecas da Europa Oriental, com alguns dos mais importantes documentos e atos políticos da época.

Em 2005, a UNESCO classificou o Palácio de Nesvizh Património Mundial.