A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": Apelo dos Verdes ecoa na vida urbana

"Breves de Bruxelas": Apelo dos Verdes ecoa na vida urbana
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os verdes ganharam as eleições regionais na Região Bruxelas Capital, que fica no centro da Bélgica e que agrega a capital do país e outros 19 municípios. Um resultado que traduz a crescente preocupação com as questões ambientais em muitos países da União Europeia, nomeadamente na ligação à qualidade de vida nas cidades.

"Fiz este aparelho em casa para medir as partículas finas emitidas na cidade. Este dispositivo permite percerber, em tempo real, o nível de emissões poluentes. A qualidade do ar é muito má em Bruxelas e às vezes, ao longo de vários dias ou mesmo semanas do ano, a poluição do ar é extremamente perigosa"", explicou Bertrand Wert, ativista ambiental.

No jardim comunitário ao lado da casa do ativista, cerca de cinquenta famílias fazem compostagem a partir de detritos biodegradáveis. Todos os meses os vizinhos fazem o ponto da situação e usam o material para fertilizar uma horta coletiva.

Tão importante como a questão ecológica, é o fortalecimento da vida em comunidade.

"Façam a experiência e verão como a alimentação, feita desta forma, nos pode tornar mais próximos dos outros. Muitas vezes, não falamos todos a mesma língua, mas conseguimos trocar algumas receitas e dar conselhos sobre como preparar um certo legume. É algo que ajuda a criar novos laços, a aproximar as pessoas", aconselha Bertrand Wert.

Convivência com estrangeiros

Os verdes também ganharam na freguesia de Ixelles, em Bruxelas, e o seu presidente, Christos Doulkeridis, diz que o programa do partido tem como prioridade responder aos principais problemas da vida nas grandes cidades.

"O tema da emergência climática é algo a que muitos se tornaram sensíveis no meio urbano. Mas os ecologistas não têm apenas o clima como prioridade, também damos muita importância às questões sociais, à boa convivência em comunidade. Dizemos abertamente que queremos viver com todos, não temos medos dos estrangeiros, daqueles quem não se parecem conosco. Temos um discurso de abertura e tolerância", afirmou Christos Doulkeridis.

Os verdes estão também em negociações com os restantes partidos para a formação do governo ao nível federal já que tiveram também bons resultados na região francófona da Valónia, no sul do país.

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade europeia diária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • Apesar da extrema-direita da Áustria ter ganhado três assentos no parlamento europeu, nenhum dele sera ocupado por Heinz-Christian Strache, ex-líder caído em desgraça depois de um escândalo de alegada corrupção que levou à queda do governo de coligação.
  • A Espanha juntou-se a um projeto franco-alemão para construir um novo jato de combate que deverá estar operacional a partir de 2040. A Dassault Aviation e a Airbus são os construtores do aparelho de guerra, que vai substituir os modelos francês Rafale e alemão Eurofighter.
  • A controvérsia estalou na Irlanda quando se soube que membros do departamento de Justiça ligados à imigração viajaram em classe executiva nos voos de regresso após operações de deportação. O governo de Dublin admitiu que foram feitas reservas neste tipo de assentos mais caros e que havia riscos de segurança para os operacionais a ter em conta.