EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Supremo Tribunal de Espanha agrava pena do grupo "La Manada"

Supremo Tribunal de Espanha agrava pena do grupo "La Manada"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os juízes do Supremo qualificaram o caso como agressão sexual e aumentaram, de nove para quinze anos, a pena de prisão

PUBLICIDADE

A decisão do Supremo Tribunal de Espanha revoga as decisões de dois tribunais de Navarra, que tinham condenado o grupo apenas por abuso sexual.

Os juízes do Supremo qualificaram o caso como agressão sexual. Aumentaram de nove para quinze anos a pena de prisão considerando que a vítima, na altura com 18 anos, foi intimidada e forçada a manter relações sexuais.

A defesa pedia a absolvição dos cinco condenados, assegurando que “a vítima consentiu os atos que foram julgados”.

A agressão aconteceu durante as festas de São Firmino, em Pamplona, no verão de 2016.

Há mais de um ano que os cinco acusados foram postos em liberdade, à espera desta sentença do Supremo. A decisão foi muito contestada e deu origem a manifestações por todo o pais. Milhares de pessoas protestaram nas ruas.

Para além da pena de prisão, o Supremo impôs uma indemnização de 100 mil euros a pagar à vítima e uma ordem de afastamento de 20 anos.

Segundo informações avançadas pelo jornal “El Pais”, pelo menos dois membros do grupo foram detidos esta sexta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lei "Só Sim é Sim" aprovada em Espanha

Prisão preventiva para dois dos quatro acusados de violação em Espanha

Espanha recusou autorização para escala a navio que transportava armas para Israel