Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Neonytt: A moda à procura da sustentabilidade

Neonytt: A moda à procura da sustentabilidade
Direitos de autor
REUTERS/Annegret Hilse
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Sustentabilidade rima cada vez mais com moda. Na semana da Moda de Berlim, o Neonyt, antes designado espaço sustentável e verde, tem o seu próprio desfile. Aqui todas as coleções devem respeitar parâmetros ecológicos e sociais, não só no conceito, como em toda a cadeia de produção.

Magdalena Schaffrin, a responsável pelo Neonytt explica em que consiste este espaço da Berlin Fashion Week : "Temos padrões para o programa Neonytt. Verificamos se os designers e expositores têm conceitos e estratégias sustentáveis e olhamos para a cadeia de abastecimento e produção, que tem de ser transparente e os próprios produtos também têm de ser sutentáveis".

A empresa alemã Nuuwai apresenta malas 100% vegan, fabricadas a partir de fibras de casca de maçã, recolhidas junto das empresas que produzem sumos.

"Utilizamos maçã porque o recurso está lá. Substituímos 50% do PU (Poliuretano) por restos de maçã e isso significa que o material desperdiçado é usado em vez de ser queimado ou deitado fora", diz a fundadora e presidente da Nuuwai,Svenja Detto.

A empresa alemã de design de calçado, Nat-2, trouxe a Berlim uma gama de sapatos feitos com diversos materiais sustentáveis. O designer, Sebastian Thies, já fez sapatos até de leite reciclado e ideias não lhe faltam para substituir o couro nos seus modelos.

Entretanto, vai mostrando e explicando o que está a expôr no Neonytt: "Fabricamos sapatos à mão, em Itália. Estes aqui em cima são feitos com musgo... garrafas de plástico recicladas... vidro... algodão orgânico... cortiça e borracha... 100% vegan. Este modelo aqui, por exemplo, é feito com pétalas de rosa ... Estes aqui são feitos de folheado de madeira. E aqui temos pedras Swarovski recicladas sobre feno dos prados da Áustria."

A comissão económica para a Europa, um organismo das Nações Unidas, estima que a indústria da moda é responsável pela produção de 20% das águas residuais globais e 10% das emissões globais de carbono. Uma pegada ecológica insustentável.