Escândalo provoca demissão de ministro francês

Escândalo provoca demissão de ministro francês
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Elisabeth Borne vai substituir François de Rugy. O Governo francês já tem uma nova ministra do Ambiente e Transição Energética. Mas Borne, responsável até agora pela pasta dos Transportes, não vai assumir a posição de ministra do Estado, como o seu antecessor.

PUBLICIDADE

Elisabeth Borne vai substituir François de Rugy. O Governo francês já tem uma nova ministra do Ambiente e Transição Energética. Mas Borne, responsável até agora pela pasta dos Transportes, não vai assumir a posição de ministra do Estado, como o seu antecessor.

De Rugy não resistiu às revelações feitas pelo jornal online de investigação Mediapart na semana passada. O então governante foi acusado nomeadamente de ter usado o dinheiro dos contribuintes para jantares faustosos com lagosta, champanhe e garrafas de vinhos de mais de 500 euros quando era presidente da Assembleia Nacional. Os convidados seriam pessoas do círculo da mulher, Séverine Rugy, jornalista de uma revista de celebridades.

No Facebook, De Rugy defendeu-se e anunciou ter apresentado uma queixa contra o jornal por difamação. O até agora ministro diz-se "vítima de ataques e de um linchamento mediático" que o obrigaram a "recuar".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antiga ministra da era Sarkozy é grande surpresa na remodelação governamental de Attal

Primeira-ministra francesa Élisabeth Borne demite-se

França proíbe os cigarros eletrónicos descartáveis muito consumidos pelos jovens