A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Versões contraditórias entre Irão e EUA

Versões contraditórias entre Irão e EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Uma rede de espiões da CIA no Irão foi identificada e capturada." Foi esta a notícia dada no país, mas Donald Trump diz que é "totalmente falsa". Irão diz ter desmantelado uma rede de 17 espiões iranianos que trabalhavam para a agência norte-americana e que alguns já terão sido condenados à morte.

Através do twitter o presidente dos Estados Unidos diz que há "zero verdade" nesta afirmação. E que se tratam apenas de mais mentiras e propaganda - como em relação ao drone norte-americano abatido; mentiras que são espalhadas por um regime religioso que está a falhar e não sabe o que fazer e que o Irão é uma confusão total - rematou Trump.

"Gostaria de pedir a todos os que lêm sobre este assunto que entendam que o regime iraniano é conhecido por mentir. Eles mentiram sobre onde derrubaram o "drone" americano, agora mentiram nos últimos dias sobre este navio-tanque. Mentir ao mundo faz parte da natureza do aiatola. Devemos ter bastantes reservas em relação a qualquer afirmação iraniana sobre as ações que tomaram".
Mike Pompeo
Secretário de Estados dos EUA

Segundo o Irão, os detidos pretendiam obter informações sobre o programa nuclear e sobre bases militares do país, mas não conseguiram prosseguir com as operações de sabotagem.