Última hora
This content is not available in your region

Comissão Europeia preocupada com Peste Suína Africana na Bulgária

Comissão Europeia preocupada com Peste Suína Africana na Bulgária
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia está preocupada com a expansão da Peste Suína Africana, na Bulgária, onde foram abatidos 130 mil suínos domésticos.

A doença afeta vários países do leste da Europa. Na Roménia, as autoridades ordenaram o abate dos javalis. Para quem está no terreno, o combate à doença é complexo. "Não podemos caçar em grupos pequenos. Cinco pessoas não podem matar 40 javalis", avisou Adrian Alexandru, da Associação de Caça e Pesca de Galati.

"Mandei uma carta ao ministro do Vietname para que os investigadores romenos trabalhem com os investigadores vietnamitas para encontrar uma vacina o mais rapidamente possível", anunciou o ministro da agricultura da Roménia, Petre Daea.

As autoridades húngaras estão preocupadas com a progressão da doença. "Na Roménia, o problema afeta não só os javalis mas também os porcos domésticos. O vírus pode facilmente chegar aqui através de alimentos importados e comércio ilegal" frisou Lajos Bognár, diretor dos Serviços Veterinários da Hungria.

Portugal reforçou a vigilância nos matadouros, como parte do plano de prevenção da Peste Suína Africana. O último foco data de 1999.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.