Dinamarca "estupefacta" com Donald Trump

Dinamarca "estupefacta" com Donald Trump
De  Rodrigo Barbosa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente dos EUA anulou visita a Copenhaga depois de primeira-ministra dinamarquesa recusar discutir venda da Gronelândia

PUBLICIDADE

Estupefação e surpresa, são as reações da classe política e da casa real dinamarquesa, depois do presidente norte-americano ter anulado a visita a Copenhaga e o encontro previsto com a primeira-ministra Mette Frederiksen, por esta não estar disposta a discuter a venda da Gronelândia aos Estados Unidos.

O anúncio foi feito no Twitter. Donald Trump também usou a rede social para afirmar que Frederiksen "poupou muito dinheiro e esforço aos Estados Unidos e à Dinamarca ao ser tão direta e acrescentou que espera "remarcar [o encontro] para algum momento no futuro".

A chefe do governo dinamarquesa tinha afirmado no domingo que "a Gronelândia não está à venda" e que esperava que "a oferta não fosse séria".

Mais de 80 por cento da superfície da maior ilha do planeta está coberta por gelo, mas os efeitos do aquecimento global poderão facilitar o acesso ao que se estima serem vastos recursos minerais.twitter

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndio faz colapsar pináculo de edifício histórico da bolsa de Copenhaga

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump

Países preparam-se para a guerra? Noruega vai investir mais 52 mil milhões na Defesa até 2036