A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breves de Bruxelas": Hungria e Artigo 7º, corrupção e migrações

"Breves de Bruxelas": Hungria e Artigo 7º, corrupção e migrações
Direitos de autor
© European Union 2019 - Source : EP - Dominique HOMMEL
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Depois do Parlamento Europeu, esta segunda-feira foi a vez do Conselho Europeu debater a aplicação do Artigo 7º do Tratado Europeu contra a Hungria. No centro da polémica estão controversas reformas implementadas na Hungria que vão contra os valores do Estado de Direito. O governo de Viktor Orbán é acusado, entre outras coisas, de interferência no sistema eleitoral, domínio do partido sobre as instituições, corrupção sistémica e violação da liberdade de imprensa.

Igualmente em destaque estão as acusações contra o futuro Comissário europeu da Justiça, o belga, Didier Reynders, levantadas por um agente dos serviços secretos que acusa o alto funcionário de corrupção; por último, destacamos a carta aberta publicada em vários órgãos de imprensa europeus pela futura presidente da comissão europeia, Ursula von der Leyen, para justificar a nova designação dada à pasta das migrações.