A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão regressa às ruas de Hong Kong

Tensão regressa às ruas de Hong Kong
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Novo sábado de tensão, em Hong Kong, em mais um dia de protesto de milhares de manifestantes pró-democracia. A polícia chegou a usar canhões de água e gás lacrimogéneo contra grupos radicais que ergueram barricadas e atiraram pedras e coquetéis molotov contra as forças da ordem, acabando em detenções.

Os protestos regressaram à região administrativa especial chinesa depois de grupos pró-China terem limpo paredes e vidros onde estavam registadas mensagens de protesto e colados panfletos contra o governo local.

Hong Kong vive, desde junho, a pior crise política desde que regressou ao domínio chinês, em 1997, com manifestações, sucessivas, por reformas democráticas, pelo fim de um projeto-lei, que previa a extradição para a China continental de alegados criminosos, e que entretanto foi abandonado, e denunciando a violência policial contra os manifestantes.