A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Itália rende-se aos encantos do saké

Itália rende-se aos encantos do saké
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição de Taste rumamos a Milão e à costa do Adriático para descobrir como é que o saké está cada vez mais associado à cozinha mediterrânica.

Na capital da moda, fomos recebidos no Sakeya, de Lorenzo Ferraboschi.

O sommelier de saké e perito nipónico sublinhou que "quanto mais se aprende sobre o saké mais se compreende que não se sustenta sozinho. Não é um produto destilado. É fermentado, como a cerveja ou o vinho. É uma bebida sedutora. Todos os que a provam devidamente com comida não querem voltar ao vinho porque complementa a comida."

Ainda em Itália, no Delta do rio Pó, Isi Coppolla instalou-se com um restaurante gourmet conhecido pela criatividade. Oferece aos clientes saké para acompanhar frutos do mar. É uma cozinha de fusão: um produto não endógeno combinado com os produtos locais.

O resultado é uma afluência crescente de clientes.