A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O último adeus a Jacques Chirac

O último adeus a Jacques Chirac
Direitos de autor
REUTERS/Philippe Wojazer/Pool
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi o último adeus a Jacques Chirac.

A cerimónia fúnebre do ex-presidente francês decorreu esta segunda-feira com direito a honras militares nos Invalides e a missa. Na Igreja de Saint Sulpice, em Paris, cerca de uma centena de chefes de Estado e representantes prestaram homenagem ao homem que marcou a política francesa e internacional, durante a segunda metade do século XX.

Afastado da vida pública após ter deixado a presidência de França, em 2007, Jacques Chirac sofreu nos últimos anos algumas complicações que agravaram o estado de saúde. Morreu na passada quinta-feira, aos 86 anos.

Para trás, deixa um percurso político ao centro-direita, marcado por controvérsias e momentos históricos, que o tornaram, para muitos, no último grande estadista francês.