A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Presidenciais na Tunísia: Nabil Karoui libertado da prisão

Presidenciais na Tunísia: Nabil Karoui libertado da prisão
Direitos de autor
REUTERS/Zoubeir Souissi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma reviravolta inesperada na Tunísia, quatro dias antes da segunda volta das eleições presidenciais.

Nabil Karoui foi libertado da prisão.

O empresário, suspeito de fraude fiscal e branqueamento de capitais, foi recebido como um herói pelos apoiantes que falam de uma prisão "política" e pedem o adiamento da eleição de domingo.

O partido de Karoui, observadores internacionais e vários responsáveis políticos já tinham pedido mais condições para o candidato detido, com vista a uma campanha justa e equilibrada.

Nabil Karoui vai enfrentar, nesta sexta-feira num debate televisivo Kais Saied, o candidato independente que venceu Karoui por três pontos na primeira volta das presidenciais de 15 de setembro.

O escrutínio ficou marcado por uma elevada abstenção que, segundo os analistas, reflete o descontentamento da população com o sistema político.

Karoui e Saied são candidatos à margem das grandes correntes que têm dominado a política da Tunísia nos últimos anos.