Última hora
This content is not available in your region

Francês Thierry Breton passou na audição no PE

euronews_icons_loading
Francês Thierry Breton passou na audição no PE
Tamanho do texto Aa Aa

Depois do chumbo de Sylvie Goulard, caberá ao francês Thierry Breton liderar a pasta do Mercado Interno na Comissão Europeia, depois de ter passado na audição, quinta-feira, no Parlamento Europeu.

O ex-gestor na área das telecomunicações vai supervisionar a indústria, o setor digital, a política de defesa e a política espacial. Thierry Breton fez questão de assegurar que não há risco de conflito de interesses.

"Há que ser radical na decisão de ter sempre em mente apenas o interesse público, exclusivamente e com toda a independência. Apresento-me diante de vós sem ter qualquer património em empresas. Para ser preciso, vendi todas as ações que possuía antes de me apresentar e demiti-me de todos os meus outros cargos, todos!", garantiu aos eurodeputados.

Thierry Breton passou depois às propostas concretas para a sua pasta, alegando que a União Europeia poder ser mais competitiva a nível global.

"Não perdemos a batalha, há muita tecnologia em que, atualmente, detemos a posição de liderança. Tenho a convicção que nas tecnologias para a economia verde, a Europa já é e vai continuar a ser o mais avançado continente a nível tecnológico no mundo. Estou convencido disso!", afirmou o indigitado.

Escolhido por um presidente centrista de tendência liberal, Thierry Breton é o primeiro gestor de alto nível a integrar a Comissão Europeia. Para tal foi muito importante o apoio que tem, também, no Partido Popular Europeu, de centro-direita.