Última hora
This content is not available in your region

Masters de Qingdao: domínio da Terra do Sol Nascente e portugueses afastados

Masters de Qingdao: domínio da Terra do Sol Nascente e portugueses afastados
Tamanho do texto Aa Aa

Após a medalha de bronze conquistada por Telma Monteiro na jornada inaugural, os judocas portugueses Bárbara Timo e Anri Egutidze perderam esta sexta-feira ao segundo combate no Masters de Qingdao, na China. A prova reúne os melhores atletas a nível mundial.

Em -70 kg, a atual vice-campeã mundial e 21.ª do ranking internacional, Bárbara Timo, começou por vencer a polaca Daria Pogorzelec, por Ippon, mas foi de seguida derrotada pela japonesa Chizuru Arai, que ocupa a oitava posição no ranking.

Bárbara Timo e Chizuru Arai

Em -81 kg, Anri Egutidze (16.º do mundo) venceu o brasileiro Eduardo Santos (20.º) e perdeu frente ao russo Aslan Lappinagov (7.º), em ambos os combates por Ippon.

No sábado, último dia da prova, estarão em ação Patrícia Sampaio e Yahima Ramirez, em -78 kg, Rochele Nunes, em +78 kg, e o campeão mundial Jorge Fonseca, em -100 kg.

A Mulher do Dia

A holandesa Kim Polling esteve na sua melhor forma, avançando sem problemas até à final de -70kg.

Depois da presença nas finais de dois Grand Slams, a tricampeã do Masters apostou no ataque, marcou Waza-ari e ficou depois encantada ao somar um quarto título na prova frente à compatriota Sanne Van Dijke.

Kim Polling
"Gosto de lutar ao ataque, o que por vezes é um problema, porque nem sempre é necessário e porque há judocas que são muito melhores do que eu no ataque."
Kim Polling

O Homem do Dia

O jovem belga medalhista de prata Matthias Casse revelou-se o nosso Homem do Dia. Depois de uma jornada de disputas épicas, o judoca termina o ano em beleza, tendo conquistado o cobiçado título do Masters após mais uma final contra Sagi Muki, de Israel, em que o último saíu lesionado.

O supervisor de arbitragem da Federação Internacional de Judo, Giuseppe Maddaloni, premiou o judoca.

Matthias Casse
"Estou muito satisfeito com os meus resultados nas três principais competições deste ano: a vitória nos europeus, o segundo lugar nos mundiais e agora o Masters. Foi um ano incrível, em que fui muito para além das minhas próprias expectativas. Treinei muito e fico contente por ver os resultados. Espero que 2020 seja um bom ano."
Matthias Casse

O domínio da Terra do Sol Nascente

Na segunda categoria feminina hoje em prova, os -63kg, a nipónica Nami Nabekura surpreendeu ao derrotar a francesa campeã do mundo por 4 vezes Clarisse Agbegnenou, já no ponto de ouro.

Um momento histórico para Nabekura, que a deixa mais perto do topo do rol de judocas dos Olímpicos de Tóquio.

O presidente da Taishan Sports Equipment, Cui Gang, condecorou a judoca.

O japonês ex-campeão mundial Soichi Hashimoto levou para casa a medalha de ouro em -73kg, após um dia de judo explosivo e exemplar, em que se destaca este Ippon rumo à final. Uma vitória bem merecida.

O judoca lutou na final frente a Tohar Butbul, de Israel, que sofreu também uma lesão.

O Movimento do Dia

O nosso movimento do dia coube à eventual vencedora da medalha de prata da categoria de -70kg, Sanne Van Dijke: um lançe para Ippon sobre a espanhola Maria Bernabeu.

Mais um dia fantástico de judo no Masters da China.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.