Última hora
This content is not available in your region

“Dia histórico” para Carles Puigdemont que entra no Parlamento Europeu

euronews_icons_loading
“Dia histórico” para Carles Puigdemont que entra no Parlamento Europeu
Direitos de autor  ap direct
Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes independentistas catalães, Carles Puigdemont e Toni Comín, conseguiram a acreditação como eurodeputados eleitos e entraram na sede do Parlamento Europeu, em Bruxelas. Uma acreditação temporária que se tornará final, depois de uma série de procedimentos.

A próxima sessão plenária está prevista para 16 de janeiro. E entre os procedimentos a cumprir está a demissão enquanto deputado no parlamento catalão.

O Tribunal de Justiça da União Europeia anulou uma sentença do Tribunal Geral que impedia os líderes independentistas de assumir o mandato para o qual foram eleitos em maio e de figurar na lista oficial de eurodeputados.

Poucas horas depois da anulação, David Sassoli, abriu as portas do Parlamento Europeu aos líderes independentistas catalães.