EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

A água está a sumir-se no Canal do Panamá

A água está a sumir-se no Canal do Panamá
Direitos de autor euronews video
Direitos de autor euronews video
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A fraca precipitação e a subida da temperatura deixam o Canal do Panamá com dificuldades em assegurar os caudais de água para a circulação dos navios.

PUBLICIDADE

O Canal do Panamá luta com grandes dificuldades para manter os caudais de água necessários à navegação.

A precipitação deste ano foi 27% abaixo da média e a temperatura do Lago Gatún, principal afluente desta hidrovia, subiu cerca de 1,5 graus, levando a perdas consideráveis de água pela evaporação.

A administração do Canal diz que as mudanças climáticas são suficientemente comprovadas ao longo de todo o canal e que o grande desafio será encontrar uma solução para as necessidades de água nos próximos 50 anos.

Inaugurado em 1914, e ampliado em 2016, O Canal do Panamá, tem 80 kms de extensão; liga o Oceano Pacífico ao Caribe e agora é usado principalmente como rota de navegação pelos EUA, China e Japão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

2019 foi o segundo ano mais quente desde que há registo

Jardim zoológico de Praga recorre a gelo para refrescar os animais

Temperaturas extremas atingem a Argentina e os Estados Unidos