Última hora
This content is not available in your region

Novos processos de reciclagem têxtil podem chegar ao mercado em breve

Novos processos de reciclagem têxtil podem chegar ao mercado em breve
Tamanho do texto Aa Aa

O projeto europeu Resyntex visa transformar os resíduos têxteis em novas matérias-primas para a indústria têxtil e química.

Foi instalada uma fábrica-piloto na Eslovénia onde estão a ser testadas várias técnicas que poderão ser adotadas pela indústria. A euronews entrevistou Alexandra Lobnik, aprofessora de Engenharia Ambiental da Universidade de Maribor, na Eslovénia. "Temos que otimizar todos os processos para obter modelos económicos e de negócio apropriados, que possam atrair investidores não apenas para verem a fábrica piloto, mas para construírem unidades industriais para o tratamento de resíduos têxteis", explicou a especialista.

Algumas das técnicas desenvolvidas pela fábrica-piloto já podem ser usadas pelos industriais. "Para alguns desses resíduos têxteis, como o poliéster, por exemplo, estamos muito próximos de um modelo económico e de mercado, porque o ácido tereftálico obtido através da despolimerização do poliéster é um produto químico muito valioso, que pode ser usado para produzir novos plásticos ou novos têxteis. Ao otimizarmos o processo de despolimerização do têxtil de poliéster ou do plástico, tenho a certeza de que o processo chegará ao mercado em breve ", considerou Alexandra Lobnik.

Os europeus deitam foram oito milhões de toneladas de produtos têxteis, por ano.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.