Última hora
This content is not available in your region

Von der Leyen e Boris Johnson em contrarrelógio pelo Brexit

Von der Leyen e Boris Johnson em contrarrelógio pelo Brexit
Direitos de autor
.
Tamanho do texto Aa Aa

No caminho para o Brexit, União Europeia e Reino Unido dizem estar determinados a encurtar distâncias perante o prazo apertado para iniciar e concluir as negociações.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, esteve, esta quarta-feira, no número 10 de Downing Street, para discutir as futuras negociações com o primeiro-ministro britânico.

Depois da conversa com Boris Johnson, von der Leyen afirmou que é necessário priorizar negociações, porque o prazo para o Brexit é "quase impossível".

Numa análise ao encontro, o correspondente da Euronews no Reino Unido diz que "depois de o Reino Unido deixar a União Europeia, a 31 de janeiro, todos os líderes dos outros 27 países europeus vão ter de assinar a atribuição de um mandato a Bruxelas para iniciar as negociações".

"Não vai ser possível começar até março e muitas pessoas estão preocupadas, principalmente os partidos da oposição, porque10 meses para tentar fazer um acordo comercial como este é muito apertado, uma vez que normalmente leva muitos anos para ser feito. Ou seja, só poderá ser um acordo básico, apesar de o primeiro-ministro desejar obter um acordo completo e abrangente", conclui Vincent McAviney.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.