Última hora
This content is not available in your region

Encontrada solução governativa para a Irlanda do Norte

euronews_icons_loading
Encontrada solução governativa para a Irlanda do Norte
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de três anos de impasse os principais partidos políticos da Irlanda do Norte chegaram a acordo para a criação de um novo governo. Os nacionalistas irlandeses do Sinn Fein e o Partido Democrata Unionista concordaram restaurar um executivo de coligação.

A líder dos Unionistas mostrou-se satisfeita com este novo passo acrescentando que "gostava de ter estado" ali "em março de 2017. Esta foi sempre a nossa posição; acreditamos que a descentralização deveria ter acontecido e se havia problemas a serem resolvidos deveríamos tê-lo feito em paralelo. Mas o que interessa agora é estamos aqui para a restauração do governo", explicou Arlene Foster.

O Sinn Fein concorda mas lembra o que levou à queda do anterior executivo. Mary Lou McDonald, que está a frente da formação afirmou que "o maior e mais significativo desafio será garantir que temos uma partilha genuína de poder, baseada na igualdade, respeito e integridade".

A Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido, está sem governo desde que o último executivo de coligação se desfez, em janeiro de 2017. Na origem da rutura esteve um projeto sobre energia verde mas as clivagens acabaram por acentuar-se noutros domínios. Os dois partidos tinham até segunda-feira para chegar a acordo ou seriam convocadas novas eleições.

Para se alcançar este acordo o Reino Unido prometeu canalizar fundos para grandes projetos, em termos de infraestruturas e serviços públicos que estão na banca rota, muito devido à crise que se instalou.