Última hora
This content is not available in your region

Cessar-fogo líbio negociado em Moscovo

Cessar-fogo líbio negociado em Moscovo
Direitos de autor
Russian Foreign Ministry Press Service via AP
Tamanho do texto Aa Aa

Sob a égide da Rússia e da Turquia, os dois principais atores do conflito na Líbia deslocaram-se esta segunda-feira a Moscovo, para negociações destinadas a assinar um acordo formal de cessar-fogo.

A presença simultânea na capital russa de Fayez al-Sarraj, chefe do governo reconhecido pela ONU, e do general Khalifa Haftar, homem forte do Leste da Líbia, que conduz há nove meses a ofensiva sobre Tripoli, ilustra a crescente influência do Kremlin no país.

O último encontro entre al-Sarraj e Haftar remonta a fevereiro de 2019, em Abu Dhabi.

O cessar-fogo, que deverá ser oficializado em Moscovo, foi anunciado no passado dia 8. A trégua deverá servir de prelúdio para a conferência internacional sobre a Líbia, sob a égide da ONU, prevista para o dia 19 em Berlim.

Os analistas duvidam, no entanto, que a trégua atualmente em vigor seja duradoura e, no terreno, registam-se ainda combates esporádicos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.