Última hora
This content is not available in your region

Angolanos na diáspora americana

euronews_icons_loading
Angolanos na diáspora americana
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de sete mil angolanos residem, atualmente, nos Estados Unidos da América. A euronews esteve a conversa com Joaquim Espírito Santo, embaixador de Angola neste país, que diz haver comunidades com características diferentes.

Parte da comunidade angolana residente nos EUA chegou à América do Norte, entre os anos setenta e noventa num contexto de fuga aos conflitos armados nos seus locais de origem. Existe outra grande comunidade, em Houston, constituída por empresários.

A Euronews conheceu Rui Costa Reis, um desses empresários nascido em Angola, na província do Kwanza-Sul. Depois de investir no seu país decidiu explorar o mercado norte-americano, aventurando-se na indústria cinematográfica, mas precisamente em Hollywood, num dos setores mais competitivos mas um dos mais rentável do país.

O produtor e dono da RCR Media Group, diz que está numa das áreas mais improváveis para um angolano investir nos EUA. O processo de legalização não foi fácil, mas foi necessário.

Outro angolano que conseguiu conquistar um lugar ao sol é Sozi Tulante, chegou a procurador de Filadélfia. É filho de Manuel Sozinho um imigrante e político que chegou aos EUA nos anos oitenta.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.