Última hora
This content is not available in your region

Síria: Multiplicam-se os ataques aéreos em Idlib

euronews_icons_loading
Síria: Multiplicam-se os ataques aéreos em Idlib
Direitos de autor  Omar HAJ KADOUR / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O conflito no noroeste da Síria está a intensificar-se, à medida que os aviões sírios realizam vários ataques aéreos a sul da província de Idlib.

Um grupo de monitorização de guerra - da oposição - fala em 95 ataques aéreos por parte das forças governamentais.

Idlib é a última área dominada pelos rebeldes. A guerra nesta região tem causado a pior crise humanitária do conflito.

Os confrontos crescentes entre as forças governamentais apoiadas pela Rússia e as tropas turcas, que apoiam os rebeldes, configuram uma nova etapa na guerra. A tensão cresceu após o ataque que matou 33 soldados turcos em Idlib.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, enviou milhares de soldados para a região no fim de semana, para apoiar os combatentes da oposição.

Idlib e o oeste da província vizinha de Aleppo são praticamente dominados pela Organização pela Libertação do Levante, uma aliança islâmica que inclui o antigo braço sírio da Al Qaeda, que a Síria e sua principal aliada, a Rússia, consideram “ organização terrorista”.

A nova esperança de que um cessar-fogo recai agora no encontro entre Erdogan e Vladimir Putin no final da semana, em Moscovo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.