EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Síria: Multiplicam-se os ataques aéreos em Idlib

Síria: Multiplicam-se os ataques aéreos em Idlib
Direitos de autor Omar HAJ KADOUR / AFP
Direitos de autor Omar HAJ KADOUR / AFP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Intensificam-se os ataques aéreos na região de Idlib, na Síria. A guerra, que dura há nove anos, tem provocado uma crise humanitária sem precedentes.

PUBLICIDADE

O conflito no noroeste da Síria está a intensificar-se, à medida que os aviões sírios realizam vários ataques aéreos a sul da província de Idlib.

Um grupo de monitorização de guerra - da oposição - fala em 95 ataques aéreos por parte das forças governamentais.

Idlib é a última área dominada pelos rebeldes. A guerra nesta região tem causado a pior crise humanitária do conflito.

Os confrontos crescentes entre as forças governamentais apoiadas pela Rússia e as tropas turcas, que apoiam os rebeldes, configuram uma nova etapa na guerra. A tensão cresceu após o ataque que matou 33 soldados turcos em Idlib.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, enviou milhares de soldados para a região no fim de semana, para apoiar os combatentes da oposição.

Idlib e o oeste da província vizinha de Aleppo são praticamente dominados pela Organização pela Libertação do Levante, uma aliança islâmica que inclui o antigo braço sírio da Al Qaeda, que a Síria e sua principal aliada, a Rússia, consideram “ organização terrorista”.

A nova esperança de que um cessar-fogo recai agora no encontro entre Erdogan e Vladimir Putin no final da semana, em Moscovo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Doadores prometem quase €7 mil milhões para sírios vulneráveis

Putin e Erdogan acordam cessar-fogo para a Síria

Ataques de drones russos fazem seis mortos e 16 feridos na Ucrânia