EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Mortes diárias por coronavírus aumentam no Reino Unido

Mortes diárias por coronavírus aumentam no Reino Unido
Direitos de autor Jean-Francois Badias/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Jean-Francois Badias/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

França ultrapassa barreira das 22 mil vítimas mortais.

Itália

PUBLICIDADE

As autoridades italianas estão a utilizar canhões de neve para desinfetar cidades inteiras na região dos Alpes italianos, antes do levantamento das medidas restritivas.

Segundo os últimos números, Itália registou 420 novas mortes - o número mais baixo desde 17 de março.

Quase 26 mil (25.969) pessoas já morreram no país e foram detetadas mais de 3 mil infecções (3.021) .

França

França ultrapassou a barreira das 22 mil vítimas mortais por Covid-19 desde o início da pandemia e conta 122 mil casos positivos.

O país registou 389 mortes nos lares de idosos e hospitais nas últimas 24 horas, segundo os últimos números divulgados em conferência de imprensa pelo diretor-geral da Saúde, Jérôme Salomon.

Quase 29 mil pessoas (28.658 pessoas) continuam hospitalizadas devido ao novo coronavírus e 4.870 continuam nos cuidados intensivos.

Em confinamento há várias semanas, França continua com as medidas restritivas para conter a epidemia pelo menos até ao 11 de maio. Segundo o último balanço, o número de internamentos e casos nos cuidados intensivos continua a diminuir.

Reino Unido

As mortes diárias por coronavírus assistiram a um aumento no Reino Unido. Mais 684 pessoas morreram de COVID-19 nos hospitais elevando o número de mortes no país para 19.506 - números avançados pelo Ministério da Saúde do país.

As autoridades de saúde do país pretende aumentar o número de testes diários para 100 mil no final do mês.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) lançou uma coligação entre países e instituições para garantir vacinas e tratamentos acessíveis em todo o mundo o mais rapidamente possível.

A pandemia já fez quase 200 mil vítimas mortais em todo o mundo (186.462) e infetou quase 2,7 milhões de pessoas a nível global.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças de segurança realizam operações na capital da Nova Caledónia para controlar onda de violência

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham

Chanceler austríaco saúda Sunak pelo plano de deportação para o Ruanda