Última hora
This content is not available in your region

Economia britânica a caminho de tombo histórico

euronews_icons_loading
Economia britânica a caminho de tombo histórico
Direitos de autor  Matt Dunham/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O Banco de Inglaterra deu a conhecer as previsões económicas para 2020 e o cenário está longe de ser animador. Caso se confirmem os números apresentados, Reino Unido está a caminho da pior recessão em trezentos anos.

O "cenário ilustrativo" aponta para uma quebra de 30% do Produto Interno Bruto no primeiro semestre, e de 14% do final do ano, o que seria o maior tombo na economia do país desde o início do século XVIII.

Ainda assim nem tudo são más notícias, a previsão dá conta de uma retoma de 15% já em 2021 devido ao levantamento das medidas de restrição.

A pandemia de covid-19 não terá efeito apenas na economia, prevendo-se igualmente uma subida de 9% no número de desempregados este ano.

O Banco de Inglaterra decidiu ainda manter os estímulos à economia e deixou a porta aberta a novas medidas. Por enquanto continuam as que já estavam em vigor, com a taxa de juro de referência a manter-se num mínimo histórico de 0,1% e o objetivo de compra de títulos, na maioria da dívida britânica, a continuar estipulado em 645 mil milhões de libras.