Última hora
This content is not available in your region

Escolas francesas preparam difícil reabertura

euronews_icons_loading
Escolas francesas preparam difícil reabertura
Direitos de autor  FRANCK FIFE / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Marcas de distanciamento no solo, material nominativo para cada aluno e fita cola para separar as mesas nas salas de aula: os esforços de preparação na escola Alix de Bretagne, no norte de França, são um exemplo do duro desafio que enfrentam estabelecimentos de ensino por todo o país, para reabrir portas a partir da próxima semana.

Aurélie Danvers, professora de ensino básico na escola Alix de Bretagne: "Haverá muito tempo de lavagem de mãos, de precauções sanitárias, limpeza e desinfeção... Vamos perder com certeza muito tempo de aula, mas faremos o melhor que pudermos. [...] Tenho algum receio, como todos os outros, sobretudo de levar o vírus para a minha família. É disso que tenho medo. Mas é preciso continuar a viver e por isso não nos colocamos demasiadas questões, fazemos o melhor que pudemos."

As escolas em França reabrem segunda-feira, mas os primeiros dias são dedicados a ultimar os difíceis preparativos destinados a tentar garantir que os alunos, sobretudo os mais novos, respeitem os chamados "gestos barreira" contra o coronavírus.