Última hora
This content is not available in your region

Quatro países europeus garantem lugar na corrida à vacina

euronews_icons_loading
Quatro países europeus garantem lugar na corrida à vacina
Direitos de autor  MTI/EPA/Diego Azubel
Tamanho do texto Aa Aa

A vacina contra a Covid-19 ainda não existe, mas quatro países europeus querem garantir o lugar na linha da frente assim que esteja disponível. Por isso, Alemanha, França, Itália e Holanda formaram uma aliança e chegaram a acordo com a farmacêutica AstraZeneca para o abastecimento de até 400 milhões de doses.

Em causa está a AZD1222, a vacina experimental que a Universidade de Oxford está a desenvolver.

O ministro italiano da Saúde, Roberto Speranza, confirmou nas redes sociais que as previsões de fornecimento apontam já para o final deste ano.

No entanto, os testes laboratoriais ainda estão em curso e os resultados da fase derradeira só deverão ser conhecidos no final de setembro.

O compromisso prevê a distribuição a outros países europeus que pretendam aderir a esta aliança.

A AstraZeneca, uma multinacional sueco-britânica, firmou um outro acordo com os Estados Unidos, no final de maio, que definiu um financiamento de mil milhões de dólares para a pesquisa e o abastecimento igualmente de 400 milhões de doses.