EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

O mistério da morte de elefantes no Botsuana

Botsuana
Botsuana Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Nara Madeira com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pelo menos 275 elefantes apareceram mortos no Botsuana sem, aparentemente, se tratar de caça furtiva.

PUBLICIDADE

Misteriosamente, pelo menos 275 elefantes mortos no famoso Delta do Okavango, no Botsuana. Um cenário desolador e inexplicável para o organismo estatal que se ocupa da vida selvagem no país até porque têm indicação de que o número é mais elevado. 

Para já foram recolhidas amostras enviadas para serem analisadas noutros países e aguardam-se os resultados.

O veterinário do departamento de vida selvagem e parques nacionais do Botsuana, Mmadi Reuben, explica que, para já, não pensam tratar-se de caça furtiva já que todas as carcaças identificadas têm as presas, o que sugere que a morte não ocorreu por causa do marfim.

As primeiras mortes ocorreram em maio. Doze carcaças encontradas numa semana, no noroeste do país. Elefantes de várias idades e sexos que, de acordo com o biólogo do referido organismo, Keith Lindsay pareciam ter caído mortos enquanto caminhavam. 

Uma situação que é, para já, alarmante mesmo num país que tem uma sobrepopulação de elefantes. Em fevereiro, o país realizou o primeiro grande leilão de cotas de caça. Mas a temporada acabou suspensa devido à pandemia de Covid-19.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Não aceito um não como resposta". Porque é que o Botswana está a ameaçar enviar manadas de elefantes para a Alemanha?

Limites à captura de elefantes selvagens para venda a zoos

Botswana levanta proibição da caça aos elefantes