Última hora
This content is not available in your region

Regresso às aulas marcado pela pandemia na Alemanha

euronews_icons_loading
Regresso às aulas marcado pela pandemia na Alemanha
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

De regresso à escola com novas regras e um novo uniforme: as máscaras fazem agora parte do material escolar obrigatório nesta escola de Rostock, na Alemanha, mas os alunos podem retirá-las quando chegam à sala de aula.

As escolas alemãs abriram as portas gradualmente ao longo das últimas semanas, mas as regras do regresso dependem das autoridades de cada região do país.

Apesar do contexto, reina o otimismo no estado-federal de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, uma das regiões menos afetadas pelo vírus na Alemanha.

Diria que se tomarmos cuidado, se mantivermos as distâncias de segurança, se usarmos máscaras, se lavarmos as mãos. Se fizermos tudo o que temos de fazer na vida normal deve correr tudo bem, não tenho medo.
Karine Facklam
Professora de francês

A política sobre o uso de máscaras é variável em todo o país. Em Berlim e na Baviera, a proteção será obrigatória nos corredores, mas não nas salas de aula. Já em Brandemburgo os professores terão que usa máscara constantemente. O país optou por diferentes abordagens na resposta à pandemia dependendo das circunstâncias e da região. Diferenças que não passam despercebidas às associações de professores.

A sociedade está muito dividida, há muitas críticas e ceticismo em relação à pandemia. Muitas pessoas estão preocupadas, assim como os pais. Somos um reflexo da sociedade, é completamente normal. O que podemos fazer é propor soluções para fazer desaparecer o medo, reduzindo o risco de contaminação o máximo possível.
Kay Czerwinski
Associação de professores - escola de Rostock

O ano letivo anterior ficou marcado pelo confinamento e pelo ensino a distância - uma modalidade defendida pelo presidente Associação de professores da Alemanha que diz que as escolas não estão suficientemente preparadas.