Última hora
This content is not available in your region

Califórnia pede ajuda ao Canadá e à Austrália para combater os incêndios

euronews_icons_loading
Califórnia pede ajuda ao Canadá e à Austrália para combater os incêndios
Direitos de autor  Noah Berger/Noah Berger
Tamanho do texto Aa Aa

Califórnia pediu ajuda ao Canadá e à Austrália para combater os incêndios florestais que atingem principalmente o norte deste estado norte-americano

Este fim-de-semana, foram registados mais de 560 focos de incêndio e uma área ardida de 240 mil hectares. Pelo menos seis pessoas morreram por causa dos fogos e 200 mil tiveram de abandonar as casas

Os incêndios foram provocados por uma onda de calor que deixou a vegetação seca, pelo vento e por mais de 12 mil raios que atingiram o estado na última semana. Mais de dez mil bombeiros estão no terreno, alguns deles a trabalhar em turnos de 72 horas.

Estado de Emergência

Face à devastação causada pelos fogos, na terça-feira, o governador da Califórnia declarou o estado de emergência. Em comunicado, Gavin Newsom garantiu que estão a ser utilizados todos os recursos disponíveis para manter as comunidades seguras durante estas condições extremas.

No domingo, dia 16 de agosto, o Vale da Morte (sudeste da Califórnia) registou 54 graus Celsius, possivelmente o registo mais elevado na Terra em quase 90 anos, caso se confirme a medição.

Os incêndios, que estão a libertar uma enorme quantidade de fumo no ar, e os novos casos de Covid-19 aumentam os receios sobre a segurança dos bombeiros e daqueles que são retirados das suas casas.