Última hora
This content is not available in your region

Yoshihide Suga substitui Shinzo Abe na liderança do executivo japonês

euronews_icons_loading
Yoshihide Suga substitui Shinzo Abe na liderança do executivo japonês
Direitos de autor  Nicolas Datiche/SIPA
Tamanho do texto Aa Aa

Yoshihide Suga é oficialmente o novo primeiro-ministro do Japão. O novo líder do Partido Liberal Democrata (PLD) foi eleito esta quarta-feira no Parlamento, dois dias depois da eleição triunfal para chefiar o PLD, que governa o país em coligação com o partido Komeito.

Suga promete dar continuidade à política do antecessor, mas terá de lidar com a crise da pandemia de Covid-19, com a recessão económica e dossiers quentes como o da organização dos Jogos Olímpicos ou as repercussões das tensões internacionais, principalmente entre Washington e Pequim.

O novo chefe do executivo substitui Shinzo Abe, que bateu recordes de longevidade à frente do cargo, mas anunciou a saída por causa de uma doença no intestino.

No novo governo, vários ministros mantêm as pastas, como é o caso de Taro Aso (Finanças), Toshimitsu Motegi (Negócios Estrangeiros) e Shinjiro Koizumi (Ambiente).

Nobuo Kishi, irmão de Shinzo Abe, será titular da Defesa, substituindo Taro Kono, que assume o ministério da Reforma Administrativa.